Press "Enter" to skip to content

Bolsonaro defende exploração de terra indígena

Bolsonaro defende exploração de Raposa Serra do Sol

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, defendeu a exploração “de forma racional” da terra indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima.

A declaração foi a única dada por Bolsonaro aos jornalistas na segunda (17) na saída confusa da inauguração de uma escola da Polícia Militar, no Rio.

“É a área mais rica do mundo [a Raposa Serra do Sol]. Você tem como explorar de forma racional. E no lado do índio, dando royalty e integrando o índio à sociedade”, disse o presidente eleito, sem dar detalhes.

Segundo o jornal “Valor”, a equipe de transição preparar um decreto que irá rever a criação da terra indígena.  Estima-se que vivam na região 17 mil índios. Após a disputa entre agricultores e indígenas, o STF decidiu em 2008 manter a demarcação do território de  1.747.464 hectares, obrigando a retirada de não índios do local.

Bolsonaro é crítico em relação à demarcação de terras e já disse que acabaria com o processo em seu governo.

Existem jazidas de nióbio, considerado um recurso estratégico para o presidente eleito. Se misturado ao ferro, cria uma espécie de superliga, mais leve e resistente que o aço comum.

É utilizado em gasodutos, turbinas, chassis de carros e até em foguetes espaciais e reatores nucleares.

Fonte: Dinheirama. Imagem: People and Cultures.

Be First to Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.