Press "Enter" to skip to content

Detector de Corrupção “entrega” políticos corruptos

O site Reclame Aqui, que foi criado para reunir – e tentar solucionar – reclamações dos consumidores contra lojas, órgãos públicos e empresas de todas as áreas, agora resolveu dar uma mãozinha para tentar ajudar o cidadão a escolher bem seus governantes a partir das próximas eleições, marcadas para o dia 7 de outubro.

Lançou um aplicativo gratuito e apartidário que usa reconhecimento facial para identificar os políticos e então fornecer informações completas sobre quais crimes foram praticados por eles. Basta apontar a câmera do celular para a face dos estadistas, seja ao vivo ou por meio de fotos, para que o app entregue todos os inquéritos instaurados contra a figura pública.

Nos bancos de dados do app há governadores e vices, deputados federais que foram eleitos a partir de 2014, senadores eleitos desde 2010, presidentes e vice-presidentes que ainda estejam vivos, candidatos à presidência e aos governos estaduais listados no Datafolha e Ibope. Já quanto aos políticos que foram anunciados como pré-candidatos para as eleições de 2018, o banco de informações do app inclui aqueles que querem se tornar presidentes e governadores.

O Detector de Corrupção traz como resultado da busca apenas informações oficiais que sejam encontradas em diversas instâncias da Justiça, como STF, STJ, os TJs estaduais e os TRFs. Os processos que correm em segredo de Justiça não são incluídos.

“Nossa ideia é tentar mudar o rumo da eleição com informação, para que a pessoa saiba pelo menos o que ele [o político] está respondendo na Justiça”, afirma o diretor de marketing do Reclame Aqui, Felipe Paniago.

Não há informações no aplicativo sobre quem já deixou o cargo, como o ex-deputado Eduardo Cunha e o ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral.

Paniago afirma que uma equipe de quatro jornalistas trabalha diariamente para atualizar as informações que constam no aplicativo. Pedidos de inclusão de nomes de políticos investigados também chegam por meio de usuários e serão avaliados. Ainda não há definição se as inclusões serão feitas gradativamente ou numa atualização conjunta.

O Detector de Corrupção está disponível para download em aparelhos com sistema Android ou IOS. Ele é um aprimoramento do plug-in “Vigia Aqui”, compatível com o Google Chrome lançado também pelo site Reclame Aqui no final de 2016. Rebatizada como “Cor da corrupção”, grifa com roxo os nomes de políticos que respondem a processos judiciais e apresenta as informações para o eleitor. O projeto recebeu um leão de ouro no Festival de Cannes.

Veja a seguir o apresentador Maurício Meirelles utilizando o aplicativo em Brasília:

 

Fonte: Canal Tech, Huff Post Brasil, Folha.

Be First to Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.